De gatopreto a 27 de Abril de 2004 às 17:09
Ouvi uma cantora brasileira (q não me lembro do nome) de um trabalho do António Chainho que um copo vazio também está cheio de ar. É esperar com calma que ele se encha de novo de algo que mate a sede de viver... é aceitar a impotencia de um copo vazio mas também compreendeer que ao ser corresponde um não ser que pode ser tão bem vivido como outro estado qualquer. Creio que aceitar bem os extremos é a forma mais rápida de sair deles.


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.