.mais sobre mim

.Ultimos Luares

. Escolher um caminho....

. encontro

. caminhos cruzados.....

. Simplesmente adeus...

. Renascer das Cinzas . . .

.Luares Passados

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Maio 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Fevereiro 2005

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.Luares Passados

Segunda-feira, 24 de Maio de 2004

...

tristeza1.jpg

publicado por Mulher Especial às 15:37

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 21 de Maio de 2004

Adeus ou Até Já

adeus(1).jpg
Não sei se será um Adeus ou apenas um até já. Sei apenas que tenho de partir neste momento........por alguns momentos breves pelo menos.......ou talvez por alguns momentos para sempre. Prometo no entanto que se para sempre partir aqui virei uma ultima vez me despedir de vós palavras perdidas....letras esquecidas...beijos simples aqui deixados....nomes...blogs não quero nem vou mencionar.....mas a todos que aqui sempre estiveram...todos que se perderam nas minhas palavras....todos que visitei e me perdi vos agradeço....desejando que não se esqueçam deste Luar_Triste que de triste pouco tem na verdade mas que agora realmente se sente perdido...Perdoem-me por não vos contar tudo em palavras simples e directas mas de minha vida real se trata e mesmo que 98% dos textos que aqui encontram se tratarem da minha vida real deste episódio não posso escrever porque de minha saúde se trata....não posso nem consigo escrever...para já pelo menos.
Não deixa de ser curiosa a vida...só quando a morte se aproxima quer na pessoa de alguém que dentro de nós mora quer em alguém que apenas de passagem por nós passava ou mesmo quando para nós caminha é que sentimos o significado da vida é que importância damos aquele Bom Dia com um sorriso logo de manha apesar do mau humor inerente a quem acorda muito cedo.
Curiosa a vida.

ADEUS ou ATÉ JÁ

publicado por Mulher Especial às 01:31

link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito

Quinta-feira, 20 de Maio de 2004

...

De banalidades posso apenas falar, posso apenas escrever. A minha vida parou tornou-se naquilo que sempre quis, as novelas pararam.....as mágoas foram-se, os maus tratos acabaram. Respiro de alivio e de calma com um supiro de alegria contante. Reencontrei o prazer do saber...do aprender mais e mais. Supiro de alivio e um ar fresco de dentro de mim sai envolvendo os passos que deixo.. Banalidades.....ou não.
Que mais posso eu escrever se não de sentimentalices

publicado por Mulher Especial às 16:02

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 19 de Maio de 2004

...

baby talking2.JPG

publicado por Mulher Especial às 18:15

link do post | comentar | favorito

Realidade ou não . . .

baby talking2.JPG


Sonho ou realidade hoje matei um Homem.
Não hoje, mas um Homem eu matei. O tempo passou, os dias se seguiram e um Homem por fim consegui matar. No meu olhar não encontraram arrependimento.....lágrimas...pena...desprezo ou mesmo ódio....escusam de procurar.....Olhem dentro da minha alma, peguem nela, toquem.....sintam o seu calor...as suas feridas...os seus espinhos. Não a fecho com cadeados ou correntes...deixo-a á merecer de quem a quiser tomar e dela abusar quiser...por isso um Homem tive de matar, porque minha alma tentou roubar...minha alma tentou destruir. Homem ou não matei...morto está neste momento...vive caído num qualquer chão. Matei um Homem mas uma calma tenho em mim....Sim eu sei matei um Homem....matei-o...do modo mais cruel e vil que existe....aos poucos...docemente como se um Beijo se tratasse....matei....MAtei....MATEi.....MATEI um Homem hoje...percorro as cidades num bailado de criança feliz pelos jardins das flores...presa não irei porque a minha vida acabou de começar. Este não é o fim mas o começo da minha alegria, da minha felicidade. Matei um homem com as minhas próprias mãos lentamente e uma lágrima sequer derramei, sorri mas não de malicia apenas sorri como uma criança alegre que se passeia de mão dáda com seus pais.

publicado por Mulher Especial às 17:53

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito