.mais sobre mim

.Ultimos Luares

. Escolher um caminho....

. encontro

. caminhos cruzados.....

. Simplesmente adeus...

. Renascer das Cinzas . . .

.Luares Passados

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Maio 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Fevereiro 2005

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.Luares Passados

Sábado, 29 de Maio de 2004

Dois anos?! Nãooooo

attach.gif
Dois anos se passaram.
Já fez dois anos?! De certesa?! Não pode ser ainda ontem ouvi o utimo beijo, ainda ontem a vi deitada na sua cama imovel e presa. Não pode ser, não pode ser. Um grito solta-se de mim. NÃO! NÃO! Não consigo acreditar. O tempo passou e eu nem senti, não o vi porque sempre aqui esteve. Todos os dias recordo as suas palavras, ensinamentos. E a dor voltou avassaladora, a dor da perda, o caixão ali aberto...e sem me perceber as lágrimas caem nos meus dedos perdendo-se por entre as teclas....dois anos...não consigo acreditar...volta por favor preciso de ti agora....da tua sapiência...dos teus conselhos...tantas e tantas vezes me recordo e me pergunto qual seria o conselho...ir por ali ou por ali...esperar ou prosseguir.....Queria que em visses agora consegui....consegui mudar olha para mim por onde estas...rasga uma frecha das nuvens e espreita-me consegui...mas preciso de ti...pega-me ao colo....deixa-me ao teu lado adormecer como tantas noites...conta-me a tua história outra vez...conta-me como foste feliz.....ensina-me um pouco a ser a Mulher que foste...
"Quis ver o sol do cimo do monte, sentir a vida no coração de quem já tinha morrido. Um vazio de imensidão, uma saudade sem perdão. Dor, raiva, querer e não querer, angustia, dor, saudade, desespero de não saber o que fazer. Dor, saudade, vontade de não acreditar. Água quente, salgada, doce de dor, de saudade caindo de rostos conhecidos.
Frustação
Leve, docemente se foi quem não quis mais ficar sofrendo quieto no leito da PAz "
(escrito no dia seguinte ao seu enterro)

publicado por Mulher Especial às 14:15

link do post | comentar | favorito

38 comentários:
De luar_triste a 30 de Maio de 2004 às 05:26
Lara....Amiga....vou cobrar esse rapto....eu aceito a vida mas o que não significa que não me revolte com ela de vez enquanto...........Beijinhos


De luar_triste a 30 de Maio de 2004 às 05:24
Mr. Hunt....foram momentos de loucura....de Paz...de descontrolo total de raiva.....Beijinhos


De luar_triste a 30 de Maio de 2004 às 05:23
Candy...fiquei emocionada por teres lido quase todo o meu blog....serio que fiquei...no post anterior a este eu fiz um caminho por todos os textos que aqui coloquei...aconteceu-me com cada coisa...vivi sentimentos mil....chorei...ri...asneiras cometi...perdoei....abracei....esqueci...enfim...VIVI....Beijinhos Obrigada pelas tuas palavras eu tenho estado ausente mas porque o trabalho é muito.......


De o5elemento a 30 de Maio de 2004 às 02:31
{estive presente... mas não consigo (vou) comentar}


De Lara a 29 de Maio de 2004 às 22:46
ó querida Luar,a vida não é justa pois não?Mas temos que aceitar de forma justa a sua injustiça...beijinhos amiga.Qualquer dia pego em ti,rapto-te e vais ver comigo com quantos malibus se constrói uma noite estrelada :).Beijos amiga,fica assim não!


De Mr. Hunt a 29 de Maio de 2004 às 21:30
Simplesmente emocionante.


De Candy a 29 de Maio de 2004 às 15:50
Peço desculpa por só agora ter lido práticamente o teu blog todo e não ter lido mais cedo. Sinceramente estou sem palavras, pois estou a ver que tb sofres muito tal como eu. Podes não acreditar mas a minha vida tems sifo infernal desde muito nova. Finalmente, consegui levantar um pouco meu corpo, graças a palavras amigas, graças a palavras de pessoas desconhecidas que me ajudaram. Estou disposta a lutar para que meus amigos me possa ver a sorrir em outro horizonte. Só espero não cair em outra armadilha que a vida me colocar à frente, espero que a mha saúde não volte ao mesmo porque se não o tempo vai ficar perdido. Apenas o que tenho a dizer é o msm que anteriormente, luta, ganha força e coragem para que possa sorrir, para que possa ser feliz. Quando precisares de uma mão amiga lembra-te sempre que tenho duas com carinho! Beijinho mt mt grande e tudo de bom!


De Candy a 29 de Maio de 2004 às 15:30
A vida é mesmo assim muito complicada e por vezes prega-nos partidas menos boas. Tenho um amigo meu que faleceu há uma semana e ainda hoje não acredito. Fico sempre à espera de um telefonema ou algo assim.. Doi mt ver as pessoas partirem, aquelas que nos davam a sua palavra nos maus momentos, que nos faziam sorrir nos bons. Apenas temos de ser fortes, ter força e coragem para seguir em frente. É triste a vida mas prontos temos de continuar a viver até que um dia ela nos tire a vida e iremos fazer companhaia aos nossos eternos amigos. Beijinho grande!


Comentar post