.mais sobre mim

.Ultimos Luares

. Escolher um caminho....

. encontro

. caminhos cruzados.....

. Simplesmente adeus...

. Renascer das Cinzas . . .

.Luares Passados

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Maio 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Fevereiro 2005

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.Luares Passados

Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2013

Simplesmente adeus...

 

O telefone estava ali pousado imóvel como se de um objecto inanimado se trata-se, o som áspero da rua distraiu me o olhar e a mente. Todos os instantes como aquele o pequeno telefone fingia-se inanimado olhando pelo canto do olho murmurava baixinho "tens de te despedir"...."tens de ligar".... Tenho de me despedir?! A pergunta ecoava na minha atribulada mente à vários dias. Mas porquê? Para quê?! Por carinho, respeito, amizade..... por consideração deveria de despedir-me bem sei mas... Mas o que me atormentava era como? Como é que alguém se despede para todo um sempre de alguém que ainda vive? Despedir de alguém sem dizer até já, até amanha....simplesmente despedir...ADEUS.... Nunca me impressionara a morte, os rituais de despedida sempre me fizeram sentido, sempre encarara com uma naturalidade que chocava a maioria das pessoas. Mas a duvida mantinha-se como me despeço de alguém que sei que não mais vou ver mas que continua a viver como ate aqui. O tempo te dará a resposta que procuras dizia-me aquela vozinha docen e calma que vinha de dentro..... mas os dias passaram e a duvida não só se manteve como se tornou mais dura de encarar. Agora deixas-te passar muito tempo ouvia ao fundo de mim, agora segue o caminho caminhando segue de cabeça erguida. O tempo da despedida passou..... 

tags:

publicado por Mulher Especial às 07:57

link do post | comentar | favorito
|