.mais sobre mim

.Ultimos Luares

. Escolher um caminho....

. encontro

. caminhos cruzados.....

. Simplesmente adeus...

. Renascer das Cinzas . . .

.Luares Passados

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Maio 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Fevereiro 2005

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.Luares Passados

Domingo, 22 de Abril de 2007

Reconstrução . . . Restruturação

uma casa em constante mutação de fundações sólidas e fundas que se deixa abalar pelos Ventos e Tempestades da vida. . . assim sou eu. . . Uma casa que por ingenuídade deixa desprotegida o seu precioso interior de cristal, totalmente á mercer de Ciclones e Tornados que me parece atrair de uma forma mística . . .Cada destruição é única, específica, muito própria. . . após cada momento de destruição deixem elas telhado, paredes destruidos interior desvastado ou que apenas uma pequenina jarra de cristal se lasque . . .  uma força surge sempre por debaixo dos cacos que logo começa a reconstruir tudo o que necessita de reparação . . .telhado. . .paredes . . . que cola até os mais infimos pedaços de cristal numa arte mininuciosa. . .Assim sou Eu uma casa diferente de tudo o que existe, uma casa muito particular, singular. . . uma casa que apesar de algumas tempestades ter passado, de reconstruções, restruturações, inovações nunca será forte o suficiente para sobrevivier aos Ventos, ás Tempestades, aos Cilones, aosTornados que a vida me reserva . . .


publicado por Mulher Especial às 23:56

link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De yohanan a 23 de Abril de 2007 às 17:22
Não sei especificamente do que falas, que se aplica a ti assim...mas no silencio leio algo que te deixa mt vulnerável, triste e desamparada na vida que tens...só espero que as coisas melhorem para ti, pois n gosto de sentir ninguem a sofrer como sinto que sofres...muito! Enfim...:( sem saber mais que te dizer para amparar a tua alma desprotegida, te deixo um abraço sentido e um beijinho terno...**


De karynne a 24 de Abril de 2007 às 18:59
E com o tempo, essa alma vai aprendendo lentamente a não se deixar levar por furacões nem tempestades, ela resplandecerá com o sol ;)
Desculpa a invasão mas não resisti
Beijos**


De AbUsaDO_r0x a 27 de Abril de 2007 às 17:00
nao sei como conheci seu blog + virei fan muito legal seus textos :) grato.


De Anónimo a 13 de Maio de 2007 às 17:14
Quem vive, reconstroi. Sempre... Que bom que estejas de pé !
Reboot
( http://namoradosdosapo.17.forumer.com )


Comentar post