.mais sobre mim

.Ultimos Luares

. Escolher um caminho....

. encontro

. caminhos cruzados.....

. Simplesmente adeus...

. Renascer das Cinzas . . .

.Luares Passados

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Maio 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Fevereiro 2005

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.Luares Passados

Segunda-feira, 19 de Abril de 2004

Assim acordei hoje com . . . . . . .

E013844.jpg
Assim acordei hoje com mãos cobertas de sangue e sem nada sentir. Abri os olhos devagar olhando cada centimetro com muita atenção...... tudo em volta de mim...tudo em mim era vermelho. ...vermelho quente e espesso colado ao meu corpo inundando cada pedacinho de mim....Tentei mexer-me...tentei levantar a cabeça mas nem um milimetro movi....as paredes outrora brancas cinza eram agora um quadro de arte moderna cobertas de manchas...salpicos disformes de vermelho espesso e quente....por fim consegui um movimento e vi....vi meu coração ali a meu lado em batimentos pequenos e fracos salpicando agora pequenas quantidades de sangue..... No meu peito um grande vazio existia....enquanto dormia meu coração violentamente arrancado tinha sido...ficara ali tempos sem fim sangrando por quem com as próprias mãos sem qualquer compaixão o arrancara de dentro de mim.....Ali fiquei imóvel vendo meu sangue desaparecer pelos lencois de linho....pelas paredes cinza...pelo meu corpo..... Vi o meu coração morrer sem nada fazer porque ontem meus pulsos tinha cortado.......

publicado por Mulher Especial às 19:40

link do post | comentar | favorito
|

14 comentários:
De Luar_triste a 23 de Abril de 2004 às 08:49
Viajante, um Luar é mais que lindo é estonteante...mágico...o triste surgiu já não sei de onde...Beijinhos


De Viajante a 23 de Abril de 2004 às 00:01
Sabes uma coisa??? Um luar nunca é triste, no fundo é só um nome, um luar é sempre LINDO. Um beijo.


De Luar_triste a 20 de Abril de 2004 às 01:37
Angeliser, sera que ainda isso não viste...não sentis-te...que a todos...a tudoe stou a virar as costas?


De angeliser a 20 de Abril de 2004 às 01:34
Luar vira as costas a quem te quer magoar e segue o teu caminho :)


De Luar_triste a 20 de Abril de 2004 às 01:07
Diria..talvez um dia morremos mesmo e ninguem olhará para nós por tantas vezes nos terem visto cair...


De Dark_Lullaby a 20 de Abril de 2004 às 00:51
"assim me habituei a morrer sem ti
com uma esferografica cravada no coraçao"
palavras de um poeta e escritor que tanto adoro...talvez por isso muitas vezes o que fomos fike perdido por ai,tbm ja entreguei o meu coraçao,e ele apenas se limitou a pisa-lo...morremos tantas vezes...talvez um dia renasçamos das cinzas..ou apenas das proprias palavras...lamentei porque o coraçao e aquilo que ouço..perde-lo...e pa mim uma imensa dor...


De Luar_triste a 20 de Abril de 2004 às 00:44
Dark_Lullaby, lamentar...talvez...mas sabes já não importa...nem o que me dava prazer dá mais...como um dia ouvir em qualquer contexto...Sou uma sombra daquilo que fui....


De Dark_Lullaby a 20 de Abril de 2004 às 00:40
Porque me soam essas palavras familiares?...porque tantas vezes entregamos cegamente nossos coraçoes, com a confiança cega que tudo podera mudar?no fundo....mtas vezes e sempre a mesma atitude, a mesma dor...a mesma perda...Lamento que teu coraçao tenha sido entregado a quem n o mereceu...lamento terem-no maltratado...:( *


De Luar_triste a 20 de Abril de 2004 às 00:36
Dark_Lullaby, fizes-te-me recordar um texto que escrevi num outro blog que tenho www.diariodomeucoracao.blogs.sapo.pt - "Coloquei o meu coração nas tuas mãos e olhei-te no fundo dos teus olhos. Sem piedade e qualquer cuidado deixas-te-o cair no chão. Fingiste que tinha sido apenas um descuido mas logo de seguida o deixas-te cair de novo, pisas-te-o sem dó nem piedade. Coloquei o meu coração em tuas mãos e apenas mal fizes-te. Cheio de fridas abertas, com lágrimas de sangue que derramei sobre ele te entreguei o meu coração novamente. Mas nada fizes-te se não maltrata-lo. Vezes sem conta peguei nele e entreguei-to para que cuidasses dele, mas nem fizes-te caso e deixas-te só numa qualquer mesa por onde passas-te. Coloquei o meu coração em tuas mãos e tu que fizes-te?" Sabes que mais?! Uma vez mais coloquei o coração e uma vez mais o maltrataram...beijos


De Luar_triste a 20 de Abril de 2004 às 00:33
Angeliser, obrigada quanto ao continuar a resposta esta no texto que acabei de colocar...como tu mesmo colocas-te no teu blog temos de virar as costas...


Comentar post