.mais sobre mim

.Ultimos Luares

. Escolher um caminho....

. encontro

. caminhos cruzados.....

. Simplesmente adeus...

. Renascer das Cinzas . . .

.Luares Passados

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Maio 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Fevereiro 2005

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.Luares Passados

Sexta-feira, 20 de Agosto de 2004

Costas descobertas

banheira3.JPG


Antes das palavras derramar quero desculpas pedir por este silêncio demorado e perturbador mas as dificuldades técnicas foram muitas. Estou de volta e um a um irei visitar os cantinhos amigos, as palavras meigas por aqui perdidas.


 


Foi com surpresa que recebi as palavras caladas de convite, antes que pudesses alguma palavra dizer ou mesmo escrever o meu pensamento fugiu planeando cada minuto . . . cada segundo . . . .cada detalhe. Passadas seis horas ainda incredula com as palavras, sai correndo e sem esquecer os promenores segui de costas descobertas, sapatos de salto alto e cabelo ainda molhado do duche rápido. Houve ainda tempo de um pouco de perfume colocar nos lugares mais recondidos. Apesar do pouco tempo a surpresa ficou mais que perfeita. Segui o caminho que apesar soar muito complicado e demorado se mostrou muito simples. A chuva violenta bem que tentou demover-me daquela loucura.A meio da noite caminhar  para lugar desconhecido mas regressar não regressei e o meu caminho continuei. Com a música como fundo de cenário  e uma voz meiga que constantemente me questionava onde estava, tentando sempre que não me perdese. mAs como me poderia perder se estava a ser guiada pelo meu coração . . .  pelas estrelas pela LUA que apesar de incoberta iluminava caminho. Ultrapassando os limites sem dar conta segui sempre em frente. Cheguei por fim e nos seus olhos vi a surpresa que as minhas costas descobertas, os meus sapatos altos faziam. Vi a cidade fiquei encantada como uma pequena criança com um novo brinquedo, perdi-me em elogios perante o que via. Senti-me desejada . . . querida . . .  apreciada . . . tranquila  e nada cansada. Perdi-me em seus braços sentindo a segurança, o carinho de sempre. Ali fiquei sem as horas sentir, os minutos ver os segundos ouvir . . . Ali fiquei descansada . . . nos beijos e abraços . . . sorrisos e cansaços . . .


Ali fiquei atê que . . . . 


publicado por Mulher Especial às 09:14

link do post | comentar | favorito
|

7 comentários:
De ladyshu a 27 de Agosto de 2004 às 19:59
lindo post nunca sei comentar os teus posts lol de tao belos e sentidos, axo k n devo mexer nas tuas palavras... bem visita-me * * *


De Estrela do mar a 27 de Agosto de 2004 às 19:15
É a 1ª vez que aqui passo... Que belo texto onde cada palavra é de uma sensibilidade tão natural e profunda, que espero que termine numa sintonia de amor fascinante e invulgar...
Gostei.
Bjo.


De L.M a 27 de Agosto de 2004 às 13:35
que bom amiga saber que encontras o teu caminho, pelas palavras que aqui deixas, beijos, a tua ausência já se fazia notar, bonita foto.


De Dr a 26 de Agosto de 2004 às 16:22
Bela história :) Espero k acabe bem. As maiores felicidades pra ti, e pra história tb ;)


De meialua a 26 de Agosto de 2004 às 14:04
Lindo. O caminho apressado que te faz sentir especial, para terminares no carinho e na ternura, nos descanso dos braços do Amor...
Beijo enorme*


De candy a 24 de Agosto de 2004 às 16:16
Kia apena te dar um abraço forte e um gande jinho.
Angels Feelings


De Dora a 22 de Agosto de 2004 às 12:44
Desenlace inesperado nesta hitória de sonhos...estou a gostar, para quando a continuação? Bom domingo para ti :-)


Comentar post